Preciso inovar e modernizar a escola! O que fazer? Por onde começar?
Gestão

Inovar e modernizar a escola é cada vez mais necessário, tanto para conquistar e reter a atenção dos alunos, quanto para se destacar entre concorrentes.

Todo gestor de escola tem que, como prioridade, oferecer ensino de excelência para seu público. Para isso, não pode se alienar das novidades, evitar mudanças e principalmente deve buscar aprimorar a si mesmo e a escola de forma contínua.

A inovação é mais que uma simples tendência, é uma necessidade. Deve-se adotar esta prática de questionamento diariamente visando sempre oferecer o melhor para alunos, docentes e comunidade.

Com o avanço da tecnologia, é natural que exista uma competição para captar estudantes. Sabemos que o antigo formato de aula está defasado, desinteressante e distante desta nova geração.

Estar atualizado é muito importante, seja em metodologias de aprendizagem, seja na escolha do mobiliário escolar, seja nos demais setores da escola.

Mas, porque isso é tão importante? É o que veremos a seguir. Acompanhe!

Inovação ou adoção de novas tecnologias?

Quando falamos em inovar e modernizar a escola, na verdade queremos dizer utilizar nossa criatividade e recursos para torná-la ainda melhor.

Porém, muitas pessoas confundem inovar e modernizar o ambiente escolar com apenas trazer mais dispositivos tecnológicos, como lousas interativas por exemplo.

A inovação deve envolver a escola como um todo, desde o projeto pedagógico, passando pela formação dos professores, até a renovação dos ambientes.

A adoção de novas tecnologias no ambiente escolar já é uma realidade e torna-se essencial para atender as demandas da chamada geração Z (nascidos a partir dos anos 2000).

Contudo, como falado anteriormente, essa introdução de novas tecnologias na escola como o ensino adaptativo, a gamificação e os novos métodos de avaliação devem vir acompanhados de um rigoroso planejamento.

Apenas dessa forma é possível integrar a tecnologia de forma natural no cotidiano escolar da mesma forma que a geração Z utiliza no seu dia a dia.

O que é a geração Z?

Como dito, Geração Z é o nome dado para aqueles que nasceram a partir dos anos 2000, e que hoje ocupam grande parte dos bancos escolares e universidades.

Essas também são pessoas que já nasceram com o paradigma da conexão com o mundo por meio da internet. Para eles, computadores e smartphones são simples extensões de si.

São também conhecidos como “Digital natives” (“Nativos digitais”) e possuem algumas características em comum:

  • São desafiadores e impulsivos;
  • Possuem dificuldade de manter o foco;
  • Não se adaptam muito bem a modelos fixos e rígidos;
  • Possuem perfil multipotencial e revolucionário.

Além de estarem habituados ao ambiente da internet, conseguindo acessar informações com a velocidade de um clique:

... Estes alunos não aceitam mais aulas puramente conteudistas, com professor à frente passando a matéria enquanto permanecem estáticos, copiando em cadernos.

Pelo contrário, querem oferecer suas ideias, desenvolver um maior senso de propósito e pensamento crítico, desejando maior participação dentro de sala de aula.

São pessoas que conseguem solucionar problemas de formas diferentes, que desejam aprender constantemente e que buscam relevância, justamente o perfil que as empresas mais relevantes estão buscando atualmente.

Algumas ideias para inovar e modernizar sua escola

1. Explorar possibilidades das redes sociais

Não se pode desperdiçar todo potencial que existe nas redes sociais. Não há melhor maneira de interagir e fazer parte da vida do aluno do que entrar neste território tão familiar para ele.

Um exemplo de como isto pode ser funcional é a criação de grupos ou páginas que são relacionadas às matérias ensinadas.

O objetivo aqui é buscar a interação do indivíduo através de um meio que, para ele, já é forma rotineira de comunicação.

Outra utilidade é compartilhar:

  • Links;
  • Notícias;
  • Artigos;
  • Eventos.

E outros conteúdos que tem relação com a matéria ensinada, ofertando assim muita informação aos estudantes.

2. Utilizar a gamificação

Gamificação é o ato de se valer de mecânicas e elementos de design de jogos no contexto escolar.

É também conhecida como ludificação, e é excelente para tornar conteúdos mais interessantes.

Criar em aula competições dividindo alunos, equipes e atribuindo pontos a cada desafio superado, é ótima forma de empregar a gamificação em sala de aula.

Outra maneira é aplicar jogos que podem ser encontrados na internet, que possuem fins educativos e voltados a uma determinada disciplina.

As vantagens de aplicar a gamificação são, entre outras:

  • Tornar mais atraente a tecnologia;
  • Conduzir os alunos pelo caminho da autonomia;
  • Ajudar a pensar como resolver problemas de fomas criativa;
  • Se aproveitar a predisposição natural do ser humano de se envolver em jogos.

3. Mobiliário escolar diferenciado

Quem disse que não se pode trazer diferenciação e inovação nos móveis escolares? O mobiliário escolar é um dos pontos que devem ser modernizados dentro da escola.

Isto faz grande diferença na percepção de qualidade, tanto de pais, sociedade, mas especialmente do estudante.

Carteiras universitárias leves, versáteis e adaptáveis, que propiciem autonomia ao estudante, e que possam ser trabalhadas em diversos contextos, são muito recomendadas.

Assim como mesas escolares que propiciem o trabalho em grupo, com divisórias móveis e que possam ser reconfiguradas fazem toda diferença.

4. Envolvimento nos projetos extraclasse

Projetos extraclasse não apenas trazem proveitos para o aluno, como também a toda comunidade que o cerca.

Diversas atividades podem ser pensadas com este objetivo, como por exemplo:

  • Feiras de ciências;
  • Competições de matemática;
  • Peças de teatro montadas pelos alunos;
  • Voluntariado...

Isto ajuda enormemente a colocar o aluno em contato com novidades, desenvolver seu senso de responsabilidade social e de grupo, além de ser ótima ferramenta para aplicar conhecimentos adquiridos em aula.

Para concluir, destacamos que inovar e modernizar a escola é dever daquele que preza pela qualidade da sua instituição.

Porém, isso não significa apenas incluir dispositivos tecnológicos, aplicativos ou mudar os móveis escolares, mas sim, ter um projeto centrado no aluno que englobe todos os aspectos que irão facilitar e estimular o seu aprendizado.

Conheça nossos produtos

Carteira Flex Pro
Carteira Flex
Carteira Duo

Inscreva-se e receba conteúdo relevante sobre educação
e novos produtos da Habto.