Desafios para a educação de surdos
Iniciativa NEO / INES - Sistema Revoluti
Cases

Dolores molestias ab facilis.

As últimas décadas do século XX presenciaram importantes avanços nos domínios da educação, com novas abordagens metodológicas, introdução de novas tecnologias e formação de professores/as para atender necessidades de grupos com demandas singulares. Neste contexto, vem crescendo, nas esferas pública e privada, a oferta de cursos de graduação e pós-graduação (stricto e latu senso) no campo da formação docente. Contudo, mesmo com o aumento da diversidade de cursos e de número de vagas, há, ainda, acentuada carência de oferta de cursos que tenham como foco grupos com demandas específicas, como é o caso dos/as surdos/as.

O Instituto Nacional de Educação de Surdos (INES), Centro de Referência Nacional na Área da Surdez, oferece Educação Básica (Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio) e Educação Superior - graduação e pós-graduação. Tal como registrado no seu atual Plano de Desenvolvimento Institucional, PDI (INES, 2011) - quadriênio 2012-2016, a educação é bilíngue (Língua Brasileira de Sinais – Libras e Língua Portuguesa escrita) em todos os níveis – e está implicada no desenvolvimento de uma série de ações que envolvem formação inicial e continuada de professores/as dentro dessa perspectiva.

Em continuidade às ações que visam à consolidação e à expansão do Ensino Superior no INES e ao desenvolvimento de políticas de formação de professores/as, o Instituto assumiu, a convite do MEC, a responsabilidade de implementar, de acordo com o Plano Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência - Plano Viver sem Limite, o Curso de Pedagogia - Licenciatura, na modalidade a distância. O oferecimento ocorrerá, inicialmente, através de oito polos, cada um com 30 estudantes, localizados nas cinco regiões do país, e distribuídos, conforme orientações do MEC, da seguinte forma: dois polos por região, salvo os três polos designados a atender a Região Nordeste. Além disso, o INES, em sua sede, abrigará duas turmas, perfazendo, assim, o total de 240 estudantes contemplados/as no Brasil.

Assim, faz parte dos objetivos do INES, a partir da estrutura física para o oferecimento de educação a distância (EaD), plenamente instalada, ampliar as ações locais e, sobretudo, as ações de âmbito nacional, com a oferta de novos cursos de graduação, como é o caso do Curso de Pedagogia, cujo projeto ora se apresenta.

Tal como se sabe, há uma enorme demanda por formação inicial e continuada na área da surdez e os meios proporcionados pelas tecnologias, dentro de uma perspectiva dialógica e bilíngue, certamente poderão suprir de modo mais intenso e abrangente as necessidades do país nesse campo.

Ao desenvolver diversas ações na modalidade online, o NEO/ INES assume o desafio de garantir aosseus alunos um padrão dequalidade educacional, mediante o desenvolvimento de estratégias educacionais inovadoras integradas às Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação. Com o acesso aberto ao repositório digital e a ampliação do curso de Pedagogia Bilíngue, pretende-se contribuir para a inovação e expansão do ensino superior público, gratuito e de qualidade. Assim, inicia-se um projeto audacioso de mudança de paradigma na formação de professores surdos e ouvintes no país e de alta relevância para a sociedade brasileira.

Veja o Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Pedagogia

Posts relacionados

Inscreva-se e receba conteúdo relevante sobre educação.